sábado, 25 de junho de 2011

.


 As promessas e o amor não mudaram, nem cessaram-se mas você mudou. Não estou jogando a culpa sobre você, mas acredito que poderia ter lutado mais, ficado por perto. Pelo menos poderia me explicar porque desistir tão fácil, porque estragar tudo assim, porque não dar uma nova chance tentar uma vez mais ?

.



 Eu continuarei a lhe oferecer falsos sorrisos, enquanto você joga em minha cara suas mentiras.

sábado, 18 de junho de 2011

.


 São dois mundo completamente diferentes, que se chocaram inexplicavelmente, e se amaram no mesmo instante. O choque fez com que ambos perdessem algumas lembranças que lhes causavam dor, e ganhassem algumas outras que ainda não tem um diagnóstico exato dos efeitos colaterais. Um vê no outro o que falta em si mesmo, e assim consequentemente um completa o outro. Tudo indica que será pra sempre, e eles lutam para que seja mesmo assim.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

.

  Dois segundos longe de você, me fazem sentir calafrios de saudade, é eu sei, os sintomas da saudade não são exatamente esses, mas ficar longe do teu calor por muito tempo me causa um tipo de dor, uma dessas que ainda não foram detectadas por médicos cardiologistas. Sei também que nem sempre terei tua presença aqui para me confortar, para fazer pulsar meu coração mais rápido e mais lentamente, sei que tudo que o que construímos não pode ser derrubado com apenas uma palavra. Eu sei, sei de tudo isso, mas nada faz sumir com esse meu medo, esse que machuca, que mora no meu coração, que leva até minha mente a ideia de te perder, e muitas outras más ideias pro futuro. E o fato, de você não ter tempo pra mim, pra nós, me causa uma incerteza, que me assombra a noite, quando deito para dormir, e não consigo fazer nada além de construir um futuro para nós, dar nome, cores e vozes aos nossos filhos, aos nossos gêmios, e depois de muito imaginar, pego no sono ainda sem saber o motivo dessa tal falta de tempo que machuca nós dois. Eu sei, a escolha foi minha, eu escolhi você, por quem você é, pelos efeitos que você tem sobre mim, pelo amor que sinto, pelo amor que você me faz sentir, pelo peso que você tira de meus ombros, pelo brilho dos seus olhos, pelas palavras bobas que alegram meu dia mesmo de longe, tudo me faz te amar mais e mais, e nada nunca conseguirá, mudar os batimentos acelerados do meu coração em sua presença.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

.


 Eu continuo a mesma, a menina dos amores platônicos, das amizades intensas, do eu te amo verdadeiro. Mas não ta dando mais, eu não aguento mais, ta difícil, muito difícil, tem muita coisa entalada, tem muita coisa, começou a doer, e agora eu que sempre me preocupei em cuidar o que falo para não magoar ninguém, comecei a botar pra fora, a cuspir todo sangue preso na garganta, esse sangue que estava começando a impedir minha respiração.

.



  Não, não é drama, ta doendo, dói, aqui dentro de mim. Machuca o peito, fere o resto que sobrou, os outros pedaços do coração, aqueles que não são por tua culpa que estão despedaçados. Mas mesmo assim, esta tudo quebrado aqui, e quando eu monto um pouco, encaixo as pecinhas, vem alguém e bagunça, pisa, ou rouba alguma peça do meu quebra-cabeças. Parece que nunca esta completo, parece que nunca esta bom, e quando eu penso que tem gente comigo, gente que me prometeu estar aqui pra estancar o sangue, vem o tempo e me prova que eles só prometeram e que estar aqui mesmo, ninguém esta. Que é só palavra, só ilusão, eu não quero mais saber disso, se é para enfrentar sozinha, que seja sozinha, eu cansei de me iludir com amigos que dizem ser para sempre, mas que magoam e ferem meu coração sem ao menos pestanejar, eu não aguento mais, esta tudo entalado aqui, sempre, se eu falo, sou mal educada, mal agradecida, não entendo as pessoas. Mas será que eu tenho tanto obrigação assim de entender todo mundo? Ninguém nunca me entendeu, e nunca foram julgados por isso, mas eu mereço ser julgada? Porque? Eu realmente não entendo. Sempre fizeram e fazem o que quiserem de mim, e eu tenho que aceitar. Será? Esta certo assim? Ah, esqueci que só eu posso servir de alvo, para todos brincarem de atirar suas fechas para tirar um pouco da dor de seus peitos. Mas deixa eu te contar uma novidade, eu também tenho dores no peito, talvez não sejam piores que as suas, talvez até sejam, mas isso não justifica, a falta de carinho, a falta de amor, a falta do que é bom, eu queria só um pouco ser retribuída pelo amor que dou. Eu queria só uma vez não quebrar a cara, não me arrepender de nada, eu queria ter coragem de ignorar completamente quem me faz mal sem dó algum, mas eu tenho uma coisa que geralmente falta as pessoas, eu tenho um coração e eu o uso. Eu faço ele funcionar, e ele me diz que eu não posso ser ruim, ele me diz que não há situação nesse mundo que justifique a indiferença. E ai vem a questão o que eu devo fazer? Continuar aguentando? Deixando tudo entalar na garganta? Sendo um alvo ?

.


 Quase sempre oro, por você, por nós. Eu oro, para não chorar, eu encontro na oração um abrigo para a saudade. Ela me faz companhia, nela Deus me diz se você está realmente bem ou se precisa de mim. E quando você precisar, eu viajarei milhares de quilômetros, mas ficarei a seu lado, te darei um beijo na testa, segurarei sua mão, ficarei em silêncio ao seu lado escutando o pulsar de seu coração.

.


  Está tudo desmoronando e não há ninguém para me dar a mão.

sábado, 28 de maio de 2011

.


 Não sei até quando suportarei viver esse inferno, não sei quanto tempo aguentarei sem chorar. Fingir começou a ficar difícil , as pessoas começaram a duvidar do meu sorriso. Eu sabia que isso iria acontecer, só achei que demoraria mais tempo.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

.

.


 Ela não é feliz, ela tem palavras, que entalaram na garganta e hoje fazem seu coração arder. Ele também não é feliz, pois sem ela jurou nunca mais sorrir. Eles viviam juntos, e tomando caminhos diferentes feriram seus corações. Estão a beira da morte, a beleza, e a juventude não viveram para sempre, nem o amor, eles continuam a negar a culpa de cada um sob a separação, então ela morreu e ele quase sem poder caminhar, foi ao seu enterro e jogou sobre o caixão dela, suas lágrimas de arrependimento, uma rosa e uma carta que dizia apenas 'me perdoe', logo depois ele morreu, e em seu enterro um menino muito triste e sozinho, jogou sobre seu caixão, uma rosa e um bilhete, que dizia 'Meu pai, mesmo sem ter seus conselhos, abraços, e seu colo, eu amo você, e sou grato, pois você me deu a minha mãe. Ela também foi grata a você, pois quando vocês se separaram e ela tentou tirar sua vida, descobriu que estava grávida, então esperou 9 meses por um novo motivo para respirar, ela carregou durante quase um ano, dois corações, pois o meu coração apesar de pequeno, sarou as feridas que seu coração cruel fez a ela.'

quinta-feira, 26 de maio de 2011

.


 Eu sinto teu perfume, vindo com vento. Eu sinto teu corpo junto ao meu nos meus sonhos, e por um milésimo de segundos eu te tenho, ao menos em minha mente eu te tenho. Eu não sei quem veio levar seu coração embora, mas agora, o que ficou me fere, profundamente. Não, eu não sei escolher se eu quero ter só a carne, ou se desejo mais, não sei se continuar me ferindo é bom ou ruim, eu sei que sem você eu não consigo mais, eu lhe doei uma parte de mim, e ela nunca voltará, eu lhe doei o meu coração, e agora ele está em suas mão, para você decidir, se continuará jogando-o para o alto e o deixando cair sobre o chão, ou se cuidará dele, como eu cuido de você, mesmo sem o coração.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

.


 Eu quero poder dizer eu te amo no meio da noite, quero acordar assustada e poder te abraçar. Eu quero que você me tenha em você, como eu tenho você dentro de mim. Ao te sentir, não senti apenas você, eu me senti, redescobri, revi meus conceitos, descobri que tenho que ceder, que a razão não será sempre minha, que a culpa não será sempre sua, que pra algo durar para sempre precisa de compreensão, confiança, sinceridade, que você não é perfeito, mas é quem mais me faz feliz, quem me faz sorrir. Nunca conseguirei explicar, o quanto de você a em mim, nem quando isso começou. Eu doou minha alma a ti, nesse exato momento proclamo meu amor, nesse texto, você pode não ler, ou até ler e não entender, achar que isso é bobagem, mas eu lhe suplico não ignore, não finja que não dei sinais. Eu não exponho meus sentimentos o tempo todo, me desculpe por isso, mas eu acho que meus setimentos expostos, não farão bem a ninguém, eu tenho dores, dores no peito, dores do passado, ou melhor dores que o passado fez, mas a culpa nunca foi do tempo, as pessoas encaram os relacionamentos como se fossem jogos, que se perderem não afetaram ninguém, mas elas estão enganadas, elas machucam, e sempre machucaram, pois quando uma pessoa que você ama lhe diz que pra ela não faz diferença, que você pode ir embora, que ela nao sentirá sua falta, machuca, e faz uma ferrida que pode não cicatrizar.

.


  Não sei explicar como e porque, apenas sinto, e para mim já basta.

sábado, 21 de maio de 2011

.


  Me machucar talvez não seja a melhor decisão, mas é a única opção, que me faz tirar um pouco da dor que sinto no peito e passa-lá para minha carne.

.


 São minhas reações quando estou longe de você que me deixam com medo de mim mesma, mas eu não posso fugir, como você fez. Eu terei que ficar comigo, mesmo não querendo isso.

.


        É como se tudo que me rodeia não valesse nada, sem sua presença aqui.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

.


 Eu quero você. Por completo. Não importa quanto tempo leve, mas eu quero você. Só pra mim. Eu vou esperar, e quando isso acontecer, você me terá. Por completo. Para sempre.

.


 Sentir tua pele, teu cheiro na minha camisa, é tudo muito novo pra mim, é como se fosse um sonho. È tudo perfeito, inesperado, inacreditável. Eu amo você, isso é fato, eu não preciso de provas tuas, não preciso saber que você me ama, por enquanto meu amor sustenta nós dois, mas eu preciso de um sorriso, apenas um, para eu saber que não esta sendo em vão, que minha felicidade hoje é a tua felicidade.

sábado, 14 de maio de 2011

.


 Eu só queria durmir uma noite, e não acordar de madrugada achando que você está precisando de mim.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

.


  Sinto em minha boca o gosto do fracasso, o seu gosto. Sinto que você se foi, e que não terá mais volta.

.

     Você está aqui comigo, em um copo de cerveja, em um remédio para dormir. Em tudo que me faça fugir da vida real.

.

 Eles se amavam, mas não era um amor comum. Era melhor, era verdadeiro, mas impossível. Então os dois desistiram do sentimento e passaram a viver a mentira, o sorriso falso, a palavra falsa. Passaram a viver o que nunca desejaram, e encontraram-se pelos caminhos da vida, perceberam então a vida falsa que viviam ao desistirem do amor, por medo do impossível, do improvável. E mais uma vez a vida vem para provar que a verdade traz a felicidade sim, então eles ficam juntos, eles vivem a eternidade juntos, e aí a vida prova que o impossível é para os fracos, pois os fortes de verdade arriscam.

.

 Entre todos os sorrisos, o seu é o que ainda consegue me arrepiar, eu fiz mil escudos para evitar me apaixonar, mas foi no meu primeiro descuido que você veio e tomou conta do meu coração.

domingo, 8 de maio de 2011

.


 São só palavras, é realmente é só isso que você pode oferecer. E de palavras o mundo está cheio, a gente espera atitude, a gente espera decisões.

.


  E as vezes as amizades eternas desaparecem quando surge a traição.

.


  As manhãs, tardes e noites são todas iguais sem você. Eu me sinto perdida, e não é por opção. Eu tento ser feliz, tento sorrir, mas parece tudo tão forçado, tão dependente, que prefiro chorar. Chorar de saudade, eu amo você e isso é o que me mantêm viva, isso me mantêm em pé esperando o próximo beijo, o próximo abraço.

.


  Quanto mais eu penso, mais certa fico de que é você que eu quero ao meu lado, para sempre.

.


 Tentar aproximar-se de alguém tão arrogante, me deixa um pouco arrogante também, as pessoas a minha volta estão me contaminando com todas as coisas ruins, me afastarei deles e jogarei todo esse lixo fora. Garanto que viverei bem melhor.

sábado, 7 de maio de 2011

.


 Deve haver um anjo com um sorriso no rosto esperando por mim e por você, pois nós formamos um só ser.

.


 Eu desisti de tudo por você, e faria tudo novamente para ter você nos meus braços. È difícil entender o quanto preciso de você aqui, é difícil entender a falta que você me faz.  

.

.


 Sem você parece ser tudo mais difícil, só queria saber se você também se sente sem chão quando eu vou embora. Isso bastaria, isso me faria sorrir pelo menos uma vez sem você aqui.

.


 Acordar ao amanhecer é difícil, pois não durmo a noite pensando que você pode estar precisando de mim do outro lado da cidade, e será sempre assim. Eu vou estar sempre aqui, esperando um telefonema para correr ao teu encontro.

.


 Tenho que deixar de me preocupar, com as vidas que não são minhas, parar de amar quem congelou seu coração, quem não se ama não merece o amor de ninguém muito menos a preocupação. Quando me preocupo, as pessoas pensam que podem fazer o que quiserem de mim, elas vem e massacram meu coração, depois partem e deixam para mim a tarefa de remonta-lo pedaço à pedaço.

.

.


  Eu levantarei do sofá, e gritarei para todos ouvirem que o amor não acabará comigo.

.


 Eu superarei, não importa quanto tempo demore, e quando eu me levantar, espero que vocês corram, o máximo que puderem. Pois quem eu encontrar pelo caminho deixarei caído sobre o chão.

terça-feira, 3 de maio de 2011

.



 Eu mostrarei para todo mundo que sou capaz, que sou melhor que isso, que sou forte o suficiente para me manter em pé.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

.

Grazieli da Silva .


 Esse pode ser o nosso ultimo dia juntas, a ultima aula, a ultima tarde, o ultimo sorriso, a ultima lágrima. E por isso eu quero agradecer, por tudo, pelos abraços, os porres', as danças, as rissadas, as piadas, as idiotices. Obrigado por ser tão especial, tão essencial. Obrigado por sempre estar ao meu lado, independentemente da dor que eu estava sentindo, obrigada por secar minhas lágrimas, obrigada por chegar quando eu não aguentava mais tudo isso sozinha e lutar comigo. Obrigado por tudo, tudo mesmo. E saiba que se esse foi nosso ultimo dia, você o tornou especial, pelo simples fato de você estar presente, de me fazer sorrir, obrigado pelo abraço de hoje, pelo sorriso de hoje, obrigada por me entender e por não me deixar cair, obrigada por ser você e me deixar ser eu mesma. Eu amo você.

Alan Carlos Pitol.


  Tudo é muito novo para mim, eu não conhecia o amor. Mas foi inevitável, eu o senti ao te ver, quando seu olhar encontrou o meu. Eu passei a amar você. E agora que está tudo desabando, você está aqui, ao meu lado, me segurando para não me deixar cair. E hoje meu remédio foi seu abraço, foi o que purificou minha alma, e me deixou pronta para voltar e enfrentar tudo que virá pela frente. E eu enfrentarei tudo, para poder ficar ao seu lado. Eu nunca irei desistir de nós, agora preciso de você como nunca, e lutarei até o fim para ter você ao meu lado. Para sempre.

domingo, 1 de maio de 2011

.

 Eu permanecerei aqui, caida sobre o chão, até que alguém de coração puro, venha para me tirar desse inferno.

.


 Você transformou nossas vidas em um inferno pouco a pouco, você jogou o amor fora e transformou seu coração em pedra.
 Estragou tudo que havia de bom a sua volta, e agora tenta estragar as suas sementes. Aquelas que você viu nascer e tenta com toda a sua força fazê-las apodrecer, nós lutamos contra sua corrente gélida de ódio e desprezo, lutamos quietas, silenciosas. Temos de suportar a dor sem derramar uma lágrima, para não nos mostrarmos fracas. Pois no primeiro sinal de fraqueza, você vem e pisa em nossos corações como se não houvesse neles um sentimento por você. Um amor que no fundo sempre estará. Que já tentei deixar exposto, mas com um abraço você o estraçalhou, foi tão dificil remenda-lo, que agora entre suas rachaduras vaza ódio, e o amor que sobrou por ti é tão pequeno e incomodo que fica guardado no fundo da alma. Para não ter perigo de escapar sobre as rachaduras.

sábado, 30 de abril de 2011

.



 Deixe, a música tocar, a noite acabar, a loucura bater, o choro cair, e a risada fluir. Viva. Não se limite, faça o que quiser não deixe nada te impedir, a vida não irá voltar a traz para você botar em dia os sonhos que não foram realizados por falta de coragem.

.


 Deixe-o ir, talvez não seja isso que ele queira, mas quando ele voltar, seja chorando ou sorrindo, mande-o ir embora novamente, e veja se é ele quem realmente você quer.

.


 E de repente o que mais quero é paz, silêncio e alguém ao meu lado, alguém que não queira acabar com a minha vida.